Seguidores

sábado, 10 de outubro de 2015

SOLIDÃO É A AUSÊNCIA DE SI MESMO Profª Lourdes Duarte





SOLIDÃO É A AUSÊNCIA DE SI MESMO

Prof Lourdes Duarte





A maior solidão é a dor do ser que se ausenta,
E vive no absoluto de si mesmo
É o solitário que tem medo de amar,
E o que tem medo de ferir e ser ferido.



É o que se recusa às verdadeiras fontes de emoções
E vive a angústia do mundo que o reflete
Fruto de um coração solitário e triste
É a ausência da essência que adormece.



A solidão é como um cárcere fechado
Que atordoa corações vazios
Ou corações tão grandiosos
Que nele, lugar não termina.



O preço do egoísmo é a solidão
Das pessoas que vivem em seu próprio isolamento
Não compartilham harmoniosamente a vida
E mesmo em meio a uma multidão, sentem-se só
Tristonhos, só e sem cão.



A pior solidão é a interior
É Ir dentro de si e não encontrar ninguém
Lembranças que machucam e ferem a alma
De um ser que ora lamenta-se e chora,
Com a distância que separa de si mesmo.

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

A VIDA É UM POEMA MOLDADO PELAS MÃOS DE DEUS





Caminhando na areia, a  água batendo nos meus pés, o vento vindo veloz, esvoaçando os meus cabelos, o sol de fim de tarde o horizonte ao longe, céu e mar, me faz  ter a certeza  que a vida é um poema moldado pelas mãos de Deus que só temos o que agradecer.

Profª Lourdes Duarte