Seguidores

sábado, 12 de agosto de 2017

AFAGUE AS MÁGUAS Profª Lourdes Duarte




AFAGUE AS MÁGUAS
Profª Lourdes Duarte


Com olhos sombrios vejo rastro de luz
Tristeza incontida num olhar que chora
Metade sombria da face que lágrimas rolam
Resplandecendo mágoas que ferem a alma
Tristeza que fere e enlouquece alma e coração.



Cruel orgulho que tortura o corpo sofrido
Remoendo mágoas que geram infelicidade
Feridas, Mágoas e Tristezas fazem parte da vida,
É preciso sofrer e as vezes se ferir pra ser feliz
E essas mágoas que o acompanham terminam.



As tristezas são lembranças apenas
O certo é aprender com novas situações
Viver a vida nem sempre está a nosso favor
Console as mágoas que só a ti assiste
Lança fora as mágoas, e apaga cicatrizes
Lave a alma, afague as mágoas, esquece a dor



Por certo, quem feriu, quem o magoou
Vive cego diante das aflições e da dor
Desconsidera a tristeza que vai na alma
De alguém que sofre, ferido de dor.
Pense, que essa mágoa infinda não cabe
No coração de quem tem amor!






Demétrio Sena - Magé-RJ. Escreveu o seguinte:
“Nem sempre o perdão é sinônimo de mágoas passadas. Mesmo assim é gratificante perdoar, pois o íntimo se torna um rio de mágoas calmas e cristalinas. Em suma, o perdão liberta o perdoado e despolui o perdoador”.
Descansa teu coração nas asas suaves de um anjo. Adormece tuas mágoas nas mãos macias de Deus. Apronta tua alma, linda e serena, para um despertar glorioso. Assim funciona o perdão e a fé.

Abraços, Prof.ª Lourdes Duarte





34 comentários:

  1. Bom dia querida Lourdes
    Que fere e magoa nunca imagina quanta está causando ao seu par
    É preciso filtrar as impurezas, banir do coração a tristeza, fazer um carinho na mágoa e livrar-se das mazelas para seguir confiante e acreditar novamente no amor
    Belíssimo poema minha querida
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Gracita, muitas vezes são pessoas que no lugar do coração tem uma pedra. São insensíveis. Grata pela visita, volte sempre. Bjus

      Excluir
  2. Bom dia amiga, que poema lindo !
    Realmente devemos afogar as mágoas, realmente essas coisas só nos ferem e não nos levar a lugar algum.
    Bjus e um bom domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amiga, seja bem vinda! Feliz em saber que gostou. Concordo com você, devemos afogar as máguas, mas não é fácil, somos humanos. bjus, volte sempre.

      Excluir
  3. o poema é maravilhoso !!
    a difícil arte de perdoar.
    mas precisamos aprender sempre e novamente e seguir em frente.
    grande abraço e bom domingo.
    :o)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eliane, feliz que você gostou. Seja sempre bem vinda. Bjus

      Excluir
  4. Que lindo. Sempre muita inspiração aqui. Bjs e um bom domingo. Eu amo vc e Deus ainda mais.

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde, bem verdadeiro teu belo poema, uma mensagem que muito nos engrandece, já passei por lá na biblioteca, só que deixei meu comentário numa postagem que não é sua, depois que vi, lá pedi para que você me enviasse um email pois tenho um material que acredito te interesse, meu email mmluconi@gmail.com ou vai no meu blog e me deixe o seu email, obrigada linda, bjos Luconi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida Luconi, seu carinho e atenção valem muito! Voltarei ao seu blog, deixarei meu email. Será maravilhosa sua contribuição. Bjuss

      Excluir
  6. Las penas del corazón con el tiempo se curan , el paso del tiempo pone las cosas en su sitio y un día descubres que no vale la pena tanto sufrimiento, cuando se abre las puertas a una nueva ilusión.

    Besos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, não devemos ficar presos a tantos sofrimentos. quem nos magoua não merece sofrer por eles. Bjuss, obrigada, volte sempre.

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Muito belo o seu texto Lourdes. As mágoas e rancores são nódoas em nossa alma, que nos fazem sofrer várias vezes o mesmo sofrimento. Perdoar nos liberta, e abre espaço para as coisas boas que Deus tem a ofertar. Muito interessante sua frase:afague as mágoas...pois temos que tratar nossos defeitos e erros com carinho, sem condenações...afaguemos e deixemos que se vão embora, não julgando nem a nós mesmos nem aos outros. Uma feliz semana!

    P.S.: excluí comentário anterior, que estava com um errinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, você tem toda razão, as mágoas e rancores são nódoas em nossa alma, quando nos libertamos delas ficamos mais felizes. grata pela visita, volte sempre. Bjus

      Excluir
  9. Oi, professora!
    Que belo poema!
    Estou tentando ver a tristeza por outra perspectiva também!

    Beijos,

    Algumas Observações

    ResponderExcluir
  10. Que bonito poema professora Lourdes!
    Desejo-lhe uma semana livre de tristezas e cheia de felicidade.
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  11. Devemos engolir o seco com água. Esquecer as mágoas e seguir a vida leve!... bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazer um esforço vale a pena amiga. Para o nosso bem. Obrigada, abraços

      Excluir
  12. Olá, Prof.ª Lourdes!
    Às vezes, as lembranças tristes podem tirar a alegria, em certos dias; mas também podem passar. A vida hoje pode ter momentos negativos, mas amanhã poder ser melhor, pode ser um dia com muitas alegreis. A esse caminhar da vida temos que ter consciência e estarmos dispostos a aceitar. É a vida!
    Uma ótima semana.
    Meu abraço.
    Pedro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade amigo! O que não podemos é deixar que a tristeza tome conta de nós. Obrigada pela visita, volte sempre.

      Excluir
  13. Belíssimo poema que é como um vinho encorpado, intenso e cheio de nuances já não gustativas, mas sensoriais à alma e mente onde a razão não mente e remete à reflexão. Será que há corações empedernidos? Ao ler o poema há de se pensar. Parabéns! Grande abraço. Laerte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou. É sempre bom refletirmos, obrigada pela visita e o comentário. Volte sempre.

      Excluir
  14. Lindo poema Lourdes, não devemos guardar mágoas e rancores, isso pesa na nossa vida, como diz o Nego do Borel na música, "eu não guardo nem dinheiro, quanto mais guardar rancor"
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Oi Lourdes, bt!
    Lindo o poema e bela a mensagem do Demétrio. Parabéns!
    Bjssss amiga e continuação de uma maravilhosa semana p/vcs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dinha! Obrigada, sua visita é sempre maravilhoso. Volte sempre, abraços

      Excluir
  16. Belissimo poema e linda mensagem.
    Guardar magoas só destrói a nossa alma e ensombra o nosso viver.
    Lourdes já estou seguindo com muito prazer o Blog da Biblioteca da escola onde trabalha.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  17. Quantas vezes magoamos quem mais gostamos quase sem dar por ela. Quantas vezes temos a necessidade de pedir perdão.

    Amei o seu poema. Voltarei

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  18. Mais uma vez eu lendo esse seu poema e pensando em minha vida.já fui muito magoada mais pela graça de Deus,superei a dor amei amei professora Lourdes beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha querida Daiane, pensar um pouco em nós mesmas é tomar um pouquinho do tempo só para nós nessa vida corrida. Faz bem. grata pela visita, volte sempre. Bjuss

      Excluir

Obrigada pela visita e por deixar comentário. Sua participação é muito importante, volte sempre.